Aprenda como ser baba e ganhar dinheiro.

Lidar com crianças não é uma tarefa fácil, afinal são muito inocentes e não entendem muitas vezes o motivo de elas não poderem fazer algumas coisas, afinal elas estão aprendendo como funciona a cada dia nossa sociedade.

Se você pensa em ganhar uma renda extra cuidando de criança saiba que vai precisar de muita inteligência emocional, tanto em questão de paciência ou em questão de ser mais rígido com a criança.

Esse trabalho é ótimo para pessoas que já lidam com crianças no dia a dia, mas é claro se você ainda se sente desajustado(a) em lidar com uma criança invista num curso e peça dicas para professores de escolas fundamentais.

Vale a pena investir num curso, mesmo que online, porque isso passará uma credibilidade maior para os pais.

• Cuidados

Antes de iniciar a cuidar de uma criança é importante de verdade que você saiba fazer primeiros socorros, no caso da criança se engasgar, se cortar, se queimar ou etc.

Lembre-se que você está lidando com filhos de outras pessoas, por isso tenha muito cuidado.

Faça uma listinha de emergência também, telefone como Bombeiros, hospitais, telefone dos pais e parentes ou até mesmo da polícia. E converse com os pais para saber quais possíveis problemas a criança pode ter, seja eles alergias, ataques de asmas etc para que você saiba melhor lidar com a criança.

• Qual a idade da criança?

É um conselho e uma dica importante, se você só sabe lidar com crianças maiores de três anos não ouse pegar crianças mais novas para cuidar, bebes são bastante delicados de se cuidar, a menos que tenha algum preparo não invente de cuidar de bebes recém nascidos.

É importante que você defina uma idade para trabalhar com crianças, uma idade que te deixe mais confortável e que você saiba lidar melhor, por isso defina o máximo e o mínimo da idade que você trabalha com cada criança.

• Cuidado com a Imagem

Um grande diferencial que você pode fazer é uma tabela de quanto você cobra por dia ou por hora para poder cuidar da criança, colocar todas as informações sobre quem é você, quantos anos tem etc.

Isso vai passar uma imagem de maior profissionalidade. Mas não se esqueça de colocar formas de contato (Telefone, e-mail etc) para que as pessoas consigam falar facilmente com você e tirar dúvidas.

É importante também você ter um cuidado com sua imagem, evite usar roupas curtas, procure roupas confortáveis e menos extravagantes, para que os pais tenham uma boa impressão de quem você é, evite caprichar muito na maquiagem, afinal você vai trabalhar de cuidar de uma criança então não tem tanta necessidade de se produzir como se estivesse saindo para uma balada.

E tenha um cuidado especial com acessório, brincos, anéis, colares, use o que deixa confortável, mas não algo que tenha perigo da criança arrancar da sua orelha ou engolir.

• Planejamento

Faça uma pequena lista de coisas que você e a criança podem fazer, como brincadeiras, desenho, danças e etc, mas coloque em primeiro lugar as ordens dos pais e os desejos da criança.

Crianças no geral gostam de atenção, por isso escute o que eles tem a dizer, e procure quebrar o gelo com crianças mais tímidas, para que vocês dois tenham um tempo agradável uns com os outros.

Seja delicada mas não ao ponto de ser complacente de permitir com que ela faça o que quiser, não tenha medo de ser um pouco mais rígida, mas é claro tudo na medida certa.

• Divulgação

As pessoas costumam mais contratar pessoas conhecidas e confiáveis para cuidar dos filhos delas, por isso ofereça seus serviços para algumas pais que você já conhece.

É interessante que você divulgue nas redes sociais os seus serviços, pois assim o maior número de pessoas podem facilmente entrar em contato.

Dicas

• Procure ser sempre educado e respeito com as crianças e com os pais, para que consigam ter uma relação leve e harmoniosa.

• Não tenha medo de recusar trabalho se sofrer algum tipo de desrespeito ou assédio, se o trabalho está te desgastando também. Cuide da sua saúde e o seu bem emocional.

• Evite falar com a criança com uma voz mais fininha, aprenda a lidar com ela como um ser humano em desenvolvimento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui