Como ganhar dinheiro vendendo curso de inglês na internet?

O inglês é, sem dúvida, um dos idiomas mais falados do mundo* e é essencial para pessoas “principalmente” interessadas em trabalhar em multinacionais, já que ter uma formação de inglês é requisito mínimo para participar do processo de seleção.

* Os 10 idiomas mais falados do mundo, segundo levantamento realizado pela revista babel: 1. Chinês, 2. Espanhol, 3. Inglês, 4. Hindi, 5. Árabe, 6. Português, 7. bengali, 8. Russo, 9. Japonês e 10. Punjabi / Lahnda.

Hoje é possível ganhar dinheiro vendendo cursos de idiomas na internet, como fez a Carol me ensina, o Mario Vergara e o que dizer do Teacher Dan, autor do curso Aprenda Inglês Sozinho que já formou mais de 150 mil alunos online.

O que você precisa saber é que a venda de curso inglês online cresce a cada dia e têm atraído à preferência de milhares de pessoas porque nem todos têm tempo para se deslocar até uma escola e seguir horários pré-definidos.

A grande sacada para vender cursos de inglês pela internet

Minha dica é mirar em um público-alvo, por exemplo, criar um curso de inglês para militares, Curso de inglês para hotelaria, curso de inglês para turistas, Curso de inglês para advogados, etc.

Qual a importância de fazer um curso de inglês?

São várias as dúvidas que podem existir quando o assunto é o motivo de aprender o inglês. Qual a finalidade, o que vou conseguir, vale realmente a pena, essas são algumas das dúvidas mais comuns que podem surgir.

Aprenda Inglês SozinhoUma pessoa que possui o devido conhecimento no inglês é visto pela sociedade e também pelas empresas como uma pessoa culta, que se preocupa em oferecer o seu melhor, já uma pessoa que não possua o conhecimento nesta língua, pode ser visto como alguém que não se preocupa com o seu futuro ou com o conhecimento.

Quem não sabe falar inglês está parcialmente deslocado da comunidade global e também do mercado de trabalho. Nesta colocação, já podemos começar a entender o porquê da língua inglesa ser tão importante atualmente.

Quer fazer um curso de inglês mas não sabe por onde começar?

Minha sugestão é se basear nos cursos que tem tipo grande aceitação no mercado, como o do Mario Vergara e, principalmente, o curso do Teacher Dan, Aprenda Inglês Sozinho que já formou mais de 150 mil alunos online.

Bem, 10 motivos para fazer um curso de inglês

1 – Conseguir um emprego ou uma promoção no emprego

Em um mundo globalizado, onde empresas multinacionais tem equipes de diferentes países trabalhando nos mesmos projetos, uma língua universal de comunicação faz-se necessária e o inglês naturalmente toma esse papel.

2 – Mais facilidade em Viajar a trabalho para o exterior pela empresa

É uma continuação do conceito do item anterior, empresas enviam seus melhores funcionários para o exterior por diversos motivos, seja para aprender uma tecnologia nova ou uma pós-graduação ou participar de um projeto novo.

3 – Trabalhar fora do país

Esqueça que você trabalha numa multinacional, suponha que você queira trabalhar “lá fora” mesmo, aproveitando esse momento de câmbio desvalorizado para turbinar seus ganhos.

4 – Estudar numa universidade lá fora

Muitos jovens têm o sonho de estudar numa universidade “top de linha” no exterior. Stanford, Harvard, MIT, Princeton, Cambridge, Oxford são alguns nomes que “saltam” aos olhos dos estudantes.

5 – Trabalhar como tradutor de textos

Trabalhar como freelancer na tradução de textos é uma fonte certa de renda extra que você pode ter. Uma rápida pesquisa no site Workana, dá para perceber uma quantidade significativa de ofertas de trabalhos.

6 – Trabalhar com tradução simultânea

A vinda de um palestrante internacional gera a necessidade de um serviço de tradução simultânea. Geralmente, mesmo que não seja a língua nativa do palestrante, muito provavelmente ele fará a palestra em Inglês.

7 – Turismo (Trabalhar ou fazer)

O turismo é uma indústria que movimenta bilhões por ano e fonte de milhões de postos de trabalho no mudo inteiro. Trabalhar no setor de turismo significa ter que lidar com muitas pessoas de diferentes nacionalidades e saber falar uma língua estrangeira como o Inglês é crucial neste momento.

8 – Dar aulas de conversação

Aulas de conversação são importantes para o aumento e posterior manutenção da proficiência em inglês e a demanda pelas mesmas é fortíssima. Com o advento das ferramentas em vídeo (Skype, Hangout, Zoom, Etc..) ficou mais fácil dar e fazer aulas de conversação.

9 – Ler livros estrangeiros a um custo muito menor

Chega a ser impressionante a diferença de preço entre algumas versões nacionais e estrangeiras de determinados livros. É claro que fazer a tradução de um livro estrangeiro para nossa língua envolve custos de tradução, licenciamento, nova edição, etc. Quanto mais técnico é um livro, maior a diferença.

10 – Inglês é uma linguagem fácil de aprender

A popularidade da língua inglesa se deu especialmente por conta da liderança no cenário mundial exercida pela Inglaterra e Estados Unidos nos últimos dois séculos, mas o fato de ser uma linguagem de fácil aprendizado contribuiu muito para sua disseminação.

Como vender cursos de inglês pela internet?

Você pode fazer seu curso em formato texto, áudio, vídeo e utilizar plataformas de vendas online, como Eadbox, Hotmart, Moodle que, oferecem plataforma de hospedagem e venda de cursos online.

Eadbox

Eadbox é uma ferramenta que permite um controle da marca, de relatório e de dados dos estudantes em um lugar apenas.

Hotmart

Hotmart é a plataforma EAD que hospeda cursos online e processa todos os pagamentos. Líder em seu segmento na América Latina, com vendas realizadas em mais de 102 países ao redor de todo o mundo.

Moodle

Moodle é a sigla para Modular Object Oriented Distance LEarning, difusão e funcionalidades, uma das razões pelas que Moodle é um meio favorito das instituições educativas é sua configuração como Open Source diz professores da Universidade de Zaragoza

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui